Adaptação

Faz dias que estou para postar sobre mais uma adaptação que está chegando, mas acabo ficando sem tempo, fazendo outra coisa e não posto.

Mas então, hoje venho falar do livro “Como eu era antes de você” que eu li ano passado,confesso que a história me decepcionou em alguns pontos, por que sou uma pessoa clichè que gosta de finais felizes e previsíveis! Felizes para sempre ainda me encanta mesmo sabendo que a vida não é nada assim.

Mas em fim, o livro é realmente bom, e eu recomendo, e mesmo não sendo uma leitura para repetir como fiz com diversos outros livros, e eu mal posso esperar para assistir essa adaptação. Ainda  mais com “Finnick” fazendo papel do ranzinza Will. ❤ não tem como não amar.
Quanto a atriz, só sei que ela faz Game Of Thrones, seriado que não aguentei ver um episódio inteiro.

Mas vamos aguardar o filme que tem previsão para ser lançado ano que vem. Enquanto isso vamos no contentar com outras adaptações.

Tipo Cidades de Papel, e Esperança O final. Sim o último da saga.

O choro é livre!

11257251_976781652387358_8896713332217510230_n 11390038_377432889124420_4577311193514636911_n 11391390_10205110730662535_3791464923896639197_n (1) PAY-Actors-Emilia-Clarke-and-Sam-Claflin-on-set-film-Me-Before-You-in-Formentor-beach-Mallorca (1)

Não se apega, não!

Confesso que me apaguei a esse livro. E foi um dos que descobri a pouco tempo e nem estava na minha lista de espera. Conheci e comprei na Bienal mês passado, estávamos na fila da Editora Intríseca, e a autora brasileira do livro Isabela Freitas ia chegar para uma sessão de autógrafos, o autógrafo não peguei, mas apaixonei de cara pela capa do livro, muito embora não se deva julgar um livro ela capa, e acabei comprando. Eu deveria le-lo daqui uns dez livros, mas a ansiedade foi maior e assim que eu acabei de ler “Um corpo na biblioteca” já comecei no dia seguinte ler!
Me apaixonei logo nas primeiras páginas, já na lista “20 regras do desapego”.

Apesar de vidas diferentes eu consegui me identificar demais com o livro e certas situações, achei a escrita muito leve e divertida, com frases bem legais e que se encaixam perfeitamente a nossa, ou a minha realidade, deveria ter feito um apanhado das melhores frases e postar  aqui. Mas o tempo é curto, pelo menos esses dias, e não tive tempo mesmo. Mas quem sabe num futuro em que eu posso ler ele outra vez. Quem sabe…

Leitura bem agradável e rápida, super recomendo, agora vou emprestar pois já tem uma fila querende se desapegar….
Um termo que eu particularmente conheço muito bem!

10455166_673360909419048_186147265594150009_n 10487398_672220329533106_7553385798999140418_n 10505364_683109128444226_780437621459819779_n

cats

Outro livro virando filme…

Ta aí um livro que não imaginei que iria virar filme tão cedo, “Como eu era antes de você” eu gostei em partes desse livro, não me prendeu como muito outros, mas ta,bém não foi uma leitura tão ruim comprado por exemplo a “As vantagens de ser invisível” que nem tive vontade de ver o filme!

Mas confesso que fiquei curiosa com essa nova adaptação e gostei da escolha dos personagens, Lou e Will, embora achava o Will um pouco mais velho que o Sam. Mas em fim, JenLaw era muito nova para interpretar a Tiffany em “OLBDV” e no fim tudo deu certo. 
Já quero assistir essa adaptação, embora o final tenha me partido em duas…

10383539_948072205206731_129927555299157324_n

 

Nessas horas Camila Lopes esta pulando de alegria….mas e a Seleção hein?? Nada ainda????? Acelera isso ai produção!

Os famosos da Bienal 2014

Tentei postar durante a semana, mas como o tempo é curto não deu tempo. Então vou aproveitar que hoje em plena domingão eu fiquei em casa para comentar sobre os famosos da Bienal no dia 23. O que foi um dos grandes erros colocarem tantos escritores novos e conhecidos num mesmo dia. Mas em fim…

Bienal 23-082014 (102)

Thalita Rebouças, acho que foi uma das primeiras que eu vi por lá, pela ordem cronológica das fotos, achei super simpática embora tenha sido uma luta conseguir uma fota maizomenus!

Bienal 23-082014 (112)

Bienal 23-082014 (117)

Ziraldo, ahhh Ziraldo, quem nunca leu um livro desse cara, vá até a loja mais próxima e compre 15 anos de infância perdida, li tantos livros dele na escola, aliás no ensino fundamental, amaavaaaa as história do menino maluquinho, eu confesso que já colocai uma panela da minha mãe na cabeça, quando era pequena, assistia todo dia o programa na tv, ahhh que tempo bom.

Fotos Bienal-Gabriel (7)

 

Maurício de Souza, se você nunca leu um gibi da Turma da Mônica, ou do Chico Bento, delete o número do meu telefone, me exclua do whatsapp, deixe de me seguir noi instagram e me bloqueia do facebook. Posso contar de cór muitas das história dessa turminha, tinha caixas de gibi e trocava com amigos, primos e colegas da escola, alugava os VHS na video locadora, e assistia vez após vez as mesma história, nunca enjoa, e nos meus tórridos 24 anos de idade, se um dia sair uma coletânea de dvd ou bluray com as histórias pois eu compro e guardo para assistir com meus filhos,..sobrinhos e tal!

Fotos Bienal-Gabriel (37)

Sophia Abraão, confesso que não sabia que ela era escritora, acabou de lançar um livro em parceira com a Carolina Munhóz (que ela na verdade é a escritora, estava lá, mas não saiu na foto), eu quase comprei o livro dela, mas aí li a resenha e desinteressei. Quem quiser pesquisar: “O reino das vozes que não se calam”. 

Bienal 23-082014 (240)

Isabela Freitas, uhn…devo admitir que achei ela meio metida, antipática, sei lá, de poucos sorrisos, mas não dá para julgar assim né, ás vezes pode ser totalmente contrário, deve ser extressando ficar dentro daquela caixa apertada autografando e tirando fotos com centenas de pessoas. Ainda assim comprei livro dela e ganhei um botton junto…yeahhh! Amei a capa, e o título: “Não se apega não”, já estou louca para ler!

imagem

Fotos Bienal-Gabriel (9) Fotos Bienal-Gabriel (11)

 

Agora a pessoinha especial, que foi tipo 90% do motivo de eu querer passar quase 2:30 dentro de um carro na estrada para São Paulo, Kiera Cass, que vocês já não aguento mais eu falar dela aqui, e comecei a amar A seleção ainda mais depois disso!

Além desse povo todo também tinha Cassandra Clare e Harlan Coben, mas que não me chamaram atenção por ser esses escritores meio sombrios..Então nem me motivei a ir tirar fotos deles, embora tenho algumas desse careca aqui, mas saíram bem ruim! Já dessa tal Cassandra nem cheguei perto.

cassandra-clare-bienal harlan_coben_header

E é claro tiramos uma foto com John Green, por que né….ele escreveu a “Culpa é das Estrelas” cara….

Bienal 23-082014 (135)

 

Na fila da Intrínseca, depois de gastar uns bons reais lá, foi umas das estandes que eu mais gastei e gostei, (a que a Isabela estava dando autógrafo), peguei tipo um milhão de marcadores, ganhei um botton e uma mini agenda da “Menina que roubava livros”

Adivinha??

Que mais um pouco de Bienal. videos em especial, estou sendo cobrada, mas é difícil postar a todo momento, tenho que deixar os videos upando enquanto vou trabalhar e a noite eu posto. Terça tive reunião e sai depois, então cheguei tarde, ontem fiquei horas lendo, mas para compensar postarei três videos hoje.

Não vou prolongar a conversa por que pretendo terminar de ler um livro hoje, da Esther, quero começar a ler logo os outros pois tem DOZE agora na lista, hoje chegou um que eu comprei pela net no começo da semana, A Princesa Adormecida, que é um conto moderno da Bela Adormecida, só que contada de forma atual nos dias de hoje.

imagem (2)E dessa vez uma autora brasileira, Paula Pimenta, vamos dar uma chance para elas também né? Embora acabando livro da Esther eu quero ler um suspense, em especial da Agatha Christie, li muito romance e drama nos últimos tempos…

Mas então..é isso por enquanto, segue aí os videos. 3º, 4 º e 5º

https://www.youtube.com/watch?v=li4MlGMb4qw&list=UUdfvcFwaYttXTFG7zaq1r8w 3ª PARTE

https://www.youtube.com/watch?v=W6cga0wMFEo&list=UUdfvcFwaYttXTFG7zaq1r8w  4ª PARTE

https://www.youtube.com/watch?v=D9azP13kjZM&feature=youtu.be 5ª PARTE

 

Caso os videos não apareçam segue link do meu canal >> Cassitcha Videos (por algum erro tá aparecendo três vezes o mesmo video aqui, então o link de cada um está em cima dele)

 

Resenha – Como eu era antes de você

CONTEM SPOILERS SOBRE A HISTÓRIA

Confesso que eu peguei esse livro com a maior das expectativas, diferente de “A Culpa é das Estrelas”, “Divergente” ” O Lado Bom da Vida”, que eu não esperava muito e comecei amar!
“Como eu era antes de você” conta a história de Lou um típica solteira despreocupada com vida, com namorado de anos a fio, um emprego não tão satisfatório e uma família meio que desfuncional. Confesso que a parte da família eu me identifiquei um pouco. Bem parecida com a minha, com exceção da irmã caçula com filho pequeno. Lou Clarke acaba perdendo emprego e conseguindo um trabalho de cuidadora de um mal-humorado tetraplégico, Will, que vivia a vida intensamente e ricamente até ser atropelado por uma moto e perder quase todo movimento do corpo. A historia é meio clichê de um jeito que não me agradou, e olha que eu gosto de clichês!

Logo de início os dois não se combinam, e praticamente viram inimigos, mesmo Will dependendo da Louisa para quase tudo. Mas o tempo vai passando e sentimentos bons comecem a surgir no coraçãozinho de ambos. Mas o que Lou descobre não é tão agradável. Seu contrato que dura seis meses tem um motivo: suicídio de Will, que resolve tirar a própria vida por nunca poder voltar a ser a pessoa que era antes. Com a aprovação dos pais ele já tem uma data marcada para por fim a vida, mas Lou entra em cena e começa mover céus e terra para provar a Will que a vida é boa, e vale a pena ser vivida.

Infelizmente todos seus esforços são em vão. E isso foi o que eu mais odiei em toda história, tanto esforço para nada. Agora o que eu achei?
Bom, não amei, a leitura em si é gostosa, simples e despretensiosa, sem enrolações, mas algo nos personagens não me agradou, nenhum posso afirmar! O jeito arrogante de Will, mesmo ele tendo sofrido uma terrível tragédia me irritou bastante, o jeito sossegado demais da Lou no começo do livro me deu vontade de simplesmente parar de ler, a maioria dos outros livros que li eram narrados por pessoas guerreiras, que queriam fazer a diferença mesmo que a morte se colocasse no caminho. Confesso que principalmente o começo desse livro foi bem perrengue para ler. Já no final, quando eu tinha esperanças de que tudo terminaria bem, e os dois ficariam juntos, o Will se mostrou um covarde, e bem egoísta (Concordo com Amanda) mantendo a palavra de se matar. Achei ofensivo isso, apaga por favor!!!

Ele agora tinha motivos para continuar, tentar lutar, mas foi fraco e bem insensível. O livro a única coisa legal do livro foi o fato dele ter conseguido mudar um pouco as atitudes da Lou, que largou aquele namorado mas chato do mundo (e meio gay) e a fez começar a pensar mais na vida e sair da sua zona de conforto, tentar novas possibilidades e ver o mundo d outra forma. Aí sim o livro fez jus ao nome.

Camila gostou muito mais desse livro do que do livro a culpa é das estrelas, eu já acho que ela está ficando louca ou bebeu algumas, tipo muitas, mas o que seria do vermelho de todos gostassem do azul não é verdade?

Não é uma leitura que farei num futuro próximo, aliás é uma leitura que pretendo fazer nunca mais, mas tentem quem quiser, vai que né…Gosto é gosto. E como em “As vantagens de ser invisível” eu errei a mão nesse aí! Nota 4 para esse livro.

06-resenha-de-livro-como-eu-era-antes-de-você

 

Ta aí uma das provas que não se deve julgar um livro pela capa, achei tão linda, e o título tão sugestivo, que me apaixonei assim que vi no site, e vieram comentar a respeito, fiquei mais curiosa a ainda, mas a vida tem dessas.

Agora comecei a ler ” O Teorema Katherine” que eu sempre chamei de “O teorema DE Katherine”, li umas 50 páginas ontem e estou curtindo, mesmo então meio lento ainda o começo, vamos ver se vou gostar quando chegar no final. 😀 Aguardem as próximas resenhas.

 

Livro X Movie

Eu já comentei sobre a resenha do livro  “Cidades de Papel” aqui a algum tempo. E hoje vim comentar sobre a remota possibilidade de virar um filme, parece que o John Green realmente está conquistando e virando Nicholas Sparks da literatura americana. Gosto do modo de como ele escreve e já quero todos os livros dele.

Já havia visto em um site aí e hoje vim postar sobre a tal possibilidade, e dar mais detalhes.
Parece que realmente é oficial, e o mesmo ator que fez Isaac no filme “ACEDE” vai fazer o Quentin no filme. Eu achei muito apropriado, realmente parece com o que eu imaginei. Achei muito boa a escolha.
É uma opção, não há nada confirmado de fato, mas eu creio que vá rolar sim, e pretendo assistir com certeza, não creio que vá ficar na expectativa como fiquei com ACEDE, assistindo trailer todos os dias praticamente durante dois meses, mas já estou curiosa com a adaptação, e não é algo que eu estou com medo de ser seguido a risca, não me importo com algumas mudanças. Mas li que serão os mesmo produtores de ACEDE então se forem mesmo, provavelmente levarão ao pé da letra.

Por que esses caras não fazem uma adaptação de “A seleção”?? A Mandy comentou comigo e agora isso não me sai da cabeça, eles ou Francis Lawrence são ótimas opções de alguém que fariam jus a trilogia. Já fico aqui imaginando o quando perfeito seria….tá! Melhor parar com as expectativas. As decepções normalmente são inevitáveis.

cidades-922x620 (1)

Quando comentei a resenha do livro, estava bem decepcionada com final, mas eu percebi que que preciso meditar na história durante alguns dias para depois vir escrever a resenha. Por exemplo…. AQUI COMEÇAM SPOILER SOBRE OS LIVROS “CIDADES DE PAPEL” E “CONVERGENTE”….cidades de papel terminou com o Q. e Margo separados, eu já imaginava os dois voltando juntos para cidade e tendo dois filhos e um cachorro chamado Toby, mas no fim a Margô decidiu que era isso que ela queria: apenas sair do mundo. E quantas vezes isso não acontece na vida gente? Não necessariamente nessas circunstâncias de “fugitiva” mas infelizmente é meio impossível manter por perto as pessoas que nós amamos, com o passar do tempo muitas delas acabam saindo e se perdendo das nossas vidas para sempre! Vai contra o desejo de um leitor sonhador (como eu) mas é assim que funciona.
Já convergente, eu li mais de 1.500 páginas de 3 livros para descobrir que a principal do livro simplesmente morre!

Eu meia que me senti como a Hazel Grace lendo “Uma Aflição Imperial”, não que o livro não tenha um fim, ele teve, aliás até um epílogo que eu achei muito longo e, desnecessário que acabou tirando um pouco a emoção, mas em fim. Foi um tanto quanto frustrante ver a personagem principal morrer no meio de uma sentença, ali, em uma página aleatória do livro. Eu li, reli, voltar a ler frases anteriores e não me conformava, eu já tinha lido que era provável que ela morreria mas entrei num estado de negação total até ler o livro em pouco dias, pois estava aflita demais e meio que numa disputa com Gabriel para ver quem lia mais em menos tempo. Mas isso também não é a vida? Com a morte chegando a qualquer momento? Quando menos esperamos? No fim eu admiro a autora por ter tido a coragem de fugir do óbvio e dos finais clichês de “felizes para sempre”, não são todos que tem essa coragem. Embora não sei quando voltarei a ler essa trilogia, não é algo que eu superei muito bem, por ser uma pessoa que ama finais felizes por mais clichês que sejam.

Tá! Okay! Agora vocês vem e falam: ‘isso não parece condizer com uma pessoa que leu “A culpa é das estrelas” duas vezes e meia, e assistiu uma vez e já quer ver de novo’, pois é, nem eu me entendo. Acho que a história por ser adoravelmente trágica com pitada de comédia me atrai de um modo que não consigo deixar de pensar e comentar! O bom é que 60% das pessoas ao me redor, e aliás as que nem estão ao meu redor, já lerem/assistiram e eu posso passar praticamente todo dia comentando com alguém. Isso não é algo que se assiste e deixa por isso mesmo. Eu preciso enjoar até dar um tempo e voltar depois de alguns meses a relembrar, tipo JV e Em Chamas que já vi 8 vezes os dois filmes!!

Eu estou pra la do meio do livro “Como eu era antes de você” e é algo que não me convenceu muito bem, é legal não vou mentir, mas esperava bem mais dele. Pode ser que eu venha a amá-lo, mas por enquanto só estou tentando aproveitar ao máximo a leitura. Como já disse preciso de dias depois de acabar a leitura para poder comentar algo concreto, acabar de ler e já tirar conclusões sem meditar de acordo não dá muito certo ás vezes!

Hello

Depois de dias apareci um pouquinho, bem rapidinho pois estou no serviço. Esses dias tem sido muito agitados, que nem tempo de ir ver MEUS bebês eu tive. Saudadeeeee Fred. Preciso me organizar melhor, embora até que eu estou administrando bem meu tempo, é que realmente tem muita coisa para fazer. E no inverno eu gosto de dormir ou tentar então vou deitar mais cedo…meu cedo é 11:00 da noite.

Mas hoje tento voltar mais um vez com alguma postagens, embora provavelmente eu vá no cinema hoje.

enquanto isso fica desejo do dia, vi hoje no sub, e se eu não tivesse uma conta enorme do cartão para pagar mês que vem…

DIVERGENTE

Trilogia

Acabei mais um trilogia, li em dois dias por cerca de umas 6 ou 7 horas mais ou menos!

Ai meu coração gente, por que a escritora precisa nos torturar dessa maneira, por que fazer sofrer tanto assim?

Esses epílogos quase matam a gente, é de destruir coração de qualquer um. Não posso dar detalhes do final, por que tem amigas que ainda não acabaram de ler. Mas confesso que esperava um final feliz mais longo sabe…menos sofrimento, menos John Green, Veronica Roth e Suzanne Collins, esses assassinos que influenciaram a Kiera!!!!!

CAPA-A-Escolha

A leitura dos últimos capítulos sem dúvida foi sofredora, chorei, sorri, me apaixonei pelas cartas do Maxon e estou com uma ressaca pós-leitura impossível de ser curada no momento, e Jogos Vorazes tuuudo outra vez!

Estou ansiosamente agora esperando por filmes dessa saga, mas que SIGAM de perto os livros, e não aquelas tentivas bizarras de pilotos de séries que deixaram Maxon insuportável e América loira!

Oh que sofrimento, alguém me abraça???

Bom dia

Apareci meus queridos, demorei um pouco,mas estou aqui.
E sem nada para postar, embora tenha passado um fim de semana muito bom, proveitoso espiritualmente falando, e na companhia dos amigos, acabei por não tirar nenhuma foto. Preciso de um celular bom para registrar todos os momentos. Por que não carrego a câmera para todos os lados, por que né? Se quebrar essa eu piro!

Mas por outro lado prometi que não iria comprar celular moderno até o meu quebrar pro completo.

Hoje eu pretendia terminar o livro do “Dewey”, mas vi que tem Recapitulação amanhã e não sei se vai dar tempo, ainda mais por que talvez irei no cinema. Mas essa semana eu termino com certeza. Dá um aperto no peito quando um livro querido chega no fim, ainda mais quando final e meio triste, embora a história toda seja muito linda.

Assim que eu terminar conto um pouco a história desse gatinho que ganhou meu coração.

dewey8

 

Até mais tarde 🙂

More book

Eu estou tentando postar todos os dias mesmo que seja tarde da noite, então levem isso em conta embora as postagens tenham diminuido.

Mas é que realmente é estressante passar o dia inteiro na frente no pc, e chegar em casa vir mexer no meu. E também preciso terminar de ler meu livro Dewey Um Gato Entre Livros para eu poder começar o segundo do Bob, e em seguida The One que lança mês que vem. Preciso colocar em ordem a leitura pois ainda tenho “One Day” “Teorema de Katherine” e “Extraordinário” aqui, comprei tudo a dois meses quando meu uma louca na cabeça, mas acabei atrasando tudo com as histórias de filmes, e toda correria do dia a dia, e foi meio na epóca da mudança de serviço o que me deixou desanimada por semanas…ai já viu.
Mas preciso colocar em dia, por que já estou com mais 2 em mente, ok! Na verdade são cinco que eu já quero comprar

“Como eu era antes de você” “A garota que você deixou para trás” e uma trilogia nova: “Destino, Travessia e Conquista”

Mas começarei pelos dois primeiros citados.

page

Pela primeira vez eu julguei um livro pela capa , achei fofa, mas deixei em espera. Mas essa semana coincidentemente a Camila veio falar que a história do primeiro é realmente linda, e ficou realmente encantada, então foi apenas um empurrão para eu poder comprar. E quando fui ver em uns três sites já estavam esgotados.
Como já disse, ideia é terminar o “Dewey” começar “Bob 2” e finalmente terminar a trilogia a seleção, que eu espero em deus não seja uma decepção igual Convergente. Depois dele eu pego esse aí e o resto da coleção parada aqui em casa, para caso “A Escolha” seja uma decepção e a Kiera cague no final (desculpa expressão) eu tenha com que distrair o coração partido.

E lá no futuro talvez eu comece a ler “Destino” que na verdade baixei em Pdf, por que ainda não coloquei fé no livro, mas gostei primeiramente por que a personagem principal se chama Cássia. Embora o último filme que eu fui assistir no cinema onde a atriz principal também chamava Cássia foi uma droga total!

Meu deus, acho que descobri o problema, é o nome Cássia!

Agora tudo faz sentido…. ¬¬

 

Sem título

Novo livro

Eu acabei nem comentando o final do livro As Vantagens de ser Invisível aqui no blog, bom primeiro por que levei quase duas semanas pra termina-lo, e não gostei muito da história não, errei a mão dessa vez.

Mas antes de ontem eu comecei a ler Para Sempre e terminei ontem, levei algumas poucas horas para ler inteiro, ele é pequeno e uma leitura deliciosa, amei de paixão e fui descobrir que é uma história real.

Aí me conquistou de vez. Já estou baixando o filme para tentar assistir hoje a noite. Mas pelo trailer já vi que é bem diferente da história real, infelizmente é isso que acontece na maiorias das adaptações, já comecei a aceitar.
Super recomendo a leitura, é lindo, perfeito e mostra o que é verdadeiro amor, seja na saúde e da doença. Ownnn que fofo, e o final é bem lindo e realista. Vale a pena.

1922453_585424464887988_12214792_n

 

Vamos ver se o filme vai conquistar também.

Destrua este diário.

Quando me mostraram esse livro, eu achei muito estranho e uma ideia muito absurda. Não foi amor a primeira vista, mas então comecei a pesquisar e amadurecer a ideia e acabei gostando, e não sosseguei até adquirir o meu.

“Destrua Este Diário” uma invenção muito louca, mas que pelo visto está dando muito certo. Eu comecei a destruir o meu ontem, mas destruir com carinho e cuidado!

“Mas como assim Cássia? Um livro para ser destruído?
Sim a missão é ir cumprindo as tarefas que ele manda, rasgar folha, rabiscar, vender uma página, tem várias coisas absurdas, até mesmo levá-lo para o banho.

E tirei uma foto dele em perfeito estado e conforme eu for destruindo, vou colocando as fotos aqui. Mas confesso que dá uma dó fazer certas coisas!

116273932SZ Coxinha Nerd_e775c60f4d8f10f63ddeb663c9c4dc8f 11896--destrua-este-diario-diapo-1 11897--destrua-este-diario-diapo-1

POST ESPECIAL – SAGAS

Três sagas que podem conquistar o seu coração. Se você gostar de ler é claro.

Bom vocês já estão cansados de ler sobre as sagas que eu ando postando por aqui. Mas se você esteve em um coma durante os últimos meses, eu vou contar mais um pouco sobre elas. Três trilogias (redundância feelings) que eu me apaixonei do começo ao fim. Gosto de histórias que podem ter um conteúdo real.
Mas aí vocês vem e me falam: “A Cássia isso é impossível, um mundo futuro onde as pessoas são dividas por facções, distritos, castas ou seja lá qual nome for? Com pessoas divididas em diversas classes sociais e muitas vivendo da miséria e programas de tortura apresentado ao público?”
Mas aí eu digo: “Por que impossível? Não é mais o menos o que o mundo é hoje? Pode não ser  tão dramático. Mas vivemos divididos de uma forma ou de outra, como países por exemplo, para viajar de um lugar para outro é preciso passaportes, vistos, e todo um processo conturbado, morar em outro país então às vezes nem é permitido. Até mesmo no passado o famoso muro de Berlin que gerou tanto polêmica por dividir uma cidade no meio, separando famílias e amigos, então posso afirmar que certas coisas nesses livros não estão longe da realidade.”
No entanto vamos ao que interessa.

Lendo cada uma delas é impossível deixar de fazer certas comparações, então por isso eu separei 10 semelhanças entre elas:  “Jogos Vorazes”, “Divergente” e “A Seleção”.

trilogia-jogos-vorazesJV: A mais “antigas” de todas, a primeira que me conquistou, não sabia que existia livros da saga até Março de 2013, ouvia falar tanto no filme Jogos Vorazes e que estava concorrendo a prêmios que resolvi assistir numa noite de sábado, a intenção era ver metade e o resto no outro dia, mas ficou tão legal que acabei indo dormir super tarde só para ver o filme todo. Gostei, mas fiquei sem entender muita coisa, descobri então que era baseado em livros e que uma amiga tinha a trilogia completa, peguei emprestado quase que na mesma semana, mas não sai da pagina 40. Mas comecei ver tamanha publicidade na mídia e fiquei na expectativa do próximo filme que iria passar no fim do ano, 2013 ainda. E foi assistindo “Em Chamas” que eu me encantei de verdade. Saí do cinema na sexta, ok! Sábado a uma da manhã, e na segunda comprei os livros. Três semanas depois já tinha lido os três livros e definitivamente ganhou meu coração!

 

112522145SZ-horzMas ai as amigas descobrem que a gente tá lendo essas coisas, e começam a “receitar” mais livros, nem vou falar quemMANDYé!!!!Eu já estava com uma ressaca literária das bravas, quando fui apresentada a  saga “A seleção”. Esperei uns dias até o coração se acalmar e me desapegar dos personagens, um pouco, por que até hoje o sentimento perdura. Então comecei a ler a nova trilogia, pronto! Mais algumas páginas e meu coração já estava envolvido em outro relacionamento, um triangulo amoroso se é que eu posso colocar dessa forma. Mas existe a parte triste da história,  o terceiro livro ainda não foi lançado, somente em Maio para eu poder finalmente descobrir o desfecho da história.

111562410SZ-horz2Bom, mas aí eu não poderia ficar na abstinência né? Vocês sabem o que acontecem com drogados quando eles ficam sem drogas: tragédia. E eu já estava totalmente acostumada a ir dormir de madrugada e acordar feito um zumbi para ir trabalhar. Nisso, net vai, net vem, sites de compras aqui e youtube ali, acabei esbarrando com “Divergente”, what hell is that? Uma nova distopia, narrada lá no futuro…
Uhn parece que acabei de ler 5 livros sobre isso 5 minutos atrás?

Então, por que não? Vamos tentar!
Aí fui apresentado a Tris e Tobias, ou Quatro e Seis como vocês preferirem. Mas confesso que nem tudo foi flores no começo dessa leitura, eu ainda pensava em “Jogos” quando comecei ler, e certas frases e citações me lembravam muito JV, sem contar que o começo parecia uma narração de UFC, palavras da Mandy, não minhas. Mas tentei deixar a implicância de lado, e aceitar que no mundo literário e na vida tem dessas coisas e segui com a leitura. Gostei, não amei, mas me apeguei. Precisei ler logo o segundo, que foi bem melhor principalmente do meio para o final e agora o terceiro que esta sendo fantástico. E já quero logo acabar por que está me matando essa curiosidade.

Mas então vamos às similaridades entre elas:

1º É claro que a primeira seria o fato de ambas as histórias se passaram num futuro distante, algo citadas nos livros como depois da 3ª e 4 ª Guerra Mundial, onde Estados Unidos não existe mais, dando lugar a Illéa e Panem! (isso para os livros Seleção e JV)

2º  Divergente e Jogos: ambos casais principais passam por um período separados,  por acreditaram em missões e pessoas diferentes!

3º Jogos e Seleção, as duas principais garotas independentes que preferem se virar sozinhas ( e estarem sozinhas), contam com “time” de primeira, prontas para serem vestidas, maquiadas e cuidadas nos mínimos detalhes, para sempre estarem impecáveis! E as duas sagas dão detalhes de vestidos deslumbrantes, embora em temas completamente diferentes. (a única parte glamorosa de Hunger Games)

4º Divergente e Jogos: a ideia central no terceiro livro é mudar o mundo, ou o que se pode dele, mudar o sistema que oprimem os mais fracos e desvalorizam pessoas por ser achar um sistema superior e indestrutível, mesmo que isso possa trazer trágicas e mortais consequências.

5º Divergente e Jogos: a gente acaba se apaixonando pelos personagens secundários, o que não acaba bem, por que praticamente todos acabam mortos. Quando se menos espera, em um capitulo que parece inocente, BAM, alguém morre!

6º Divergente e Jogos: De repente aparece uma personagem que você começa simpatizar e acreditar que pode se tornar uma aliada na causa principal, mas depois de algum tempo se revela uma grande traidora, causando problemas e reviravoltas na história!

7º As três sagas são narradas na primeira pessoa por garotas adolescentes, em torno de 16 anos, cada uma com seu nível de sofrimento.

8º Quanto ao parceiro românticos, (Peeta, Maxon e Tobias), bom isso é um detalhe a parte que simplesmente deixa sua imaginação fluir, impossível não se apaixonar pelos três.

9º Seleção e Jogos, embora em  A Seleção isso seja mais destacado e falado com mais frequência, há um terceiro garoto, igualmente encantador, ou não. Ou até certo ponto aos nossos olhos. Que no início faz a gente torcer por eles, mas depois quando aparece “AQUELE” a gente fica tipo? “Quem é Gale?”  “Quem é Aspen?”

10º Jogos e Seleção: Existe uma parte cômica, entre as duas sagas que eu sempre dou risada, envolvendo adivinha o que? Comida, nas duas história, a parte de alimentação é um tanto escassa, em “Jogos” na verdade é muito escassa, que eles chegam a passar dias a base de água (nem sempre limpa) e muitos acabam morrendo de fome. E quando as garotas America e Katniss, chegam no Palácio e na Capital, respectivamente, ambas ficam deslumbrada com tanta variedade de comida, de doces, e guloseimas! Eu mesma só de ler já fico babando!!!

Queri ter colocado mais sobre “A Seleção” mas o fato do terceiro livro não ter sido lançado não ajuda muito! Vamos esperar até Maio.
Esse post não acaba aqui!

E para encerrar, a perfeita combinação de ColdPlay – Atlas.

 

Fiquei dias montando esse post, e finalmente consegui finalizar! Espero que gostem 🙂

Mais hein??

E não é que a chuva me pegou de jeito, sua danada. Sai mais cedo tentando escapar da bendita e ela me pega no portão da saída, da hora a vida.

Bom, estou sem ideias para postar no momento, e com preguiça demais para montar tema sobre algum assunto relativo como looks, cabelos, series ou qualquer coisa do tipo.

Mas a novidade é que mudei a rota de leitura, deixei “As vantagens de ser invisível de lado” e comecei “Convergente” estou louca para saber o que vai acontecer , mesmo sabendo que uma penca morre, graças a net e o Gabi safado soltando spoilers a torto e a direito, então melhor acabar logo com a angústia!

1383170_537405809674760_423812665_n