Adaptação

Faz dias que estou para postar sobre mais uma adaptação que está chegando, mas acabo ficando sem tempo, fazendo outra coisa e não posto.

Mas então, hoje venho falar do livro “Como eu era antes de você” que eu li ano passado,confesso que a história me decepcionou em alguns pontos, por que sou uma pessoa clichè que gosta de finais felizes e previsíveis! Felizes para sempre ainda me encanta mesmo sabendo que a vida não é nada assim.

Mas em fim, o livro é realmente bom, e eu recomendo, e mesmo não sendo uma leitura para repetir como fiz com diversos outros livros, e eu mal posso esperar para assistir essa adaptação. Ainda  mais com “Finnick” fazendo papel do ranzinza Will. ❤ não tem como não amar.
Quanto a atriz, só sei que ela faz Game Of Thrones, seriado que não aguentei ver um episódio inteiro.

Mas vamos aguardar o filme que tem previsão para ser lançado ano que vem. Enquanto isso vamos no contentar com outras adaptações.

Tipo Cidades de Papel, e Esperança O final. Sim o último da saga.

O choro é livre!

11257251_976781652387358_8896713332217510230_n 11390038_377432889124420_4577311193514636911_n 11391390_10205110730662535_3791464923896639197_n (1) PAY-Actors-Emilia-Clarke-and-Sam-Claflin-on-set-film-Me-Before-You-in-Formentor-beach-Mallorca (1)

Tá chegando

Mais 21 dias para estréia de um dos filmes mais esperados de 2014. E não é só por mim, muito dos meus amigos estão contando os dias para estréia. Uhuuu, ingressos já comprados, agora só esperar, ir dormir agora e acordar só dia 20, pode ser?

10710755_693758627387904_8968545326445789925_n

E para entrar no clima ai vão alguns teasers do filme, só para aguçar a vontade.

1

2

3

Agora é só esperar!

Outro livro virando filme…

Ta aí um livro que não imaginei que iria virar filme tão cedo, “Como eu era antes de você” eu gostei em partes desse livro, não me prendeu como muito outros, mas ta,bém não foi uma leitura tão ruim comprado por exemplo a “As vantagens de ser invisível” que nem tive vontade de ver o filme!

Mas confesso que fiquei curiosa com essa nova adaptação e gostei da escolha dos personagens, Lou e Will, embora achava o Will um pouco mais velho que o Sam. Mas em fim, JenLaw era muito nova para interpretar a Tiffany em “OLBDV” e no fim tudo deu certo. 
Já quero assistir essa adaptação, embora o final tenha me partido em duas…

10383539_948072205206731_129927555299157324_n

 

Nessas horas Camila Lopes esta pulando de alegria….mas e a Seleção hein?? Nada ainda????? Acelera isso ai produção!

Resenha – Como eu era antes de você

CONTEM SPOILERS SOBRE A HISTÓRIA

Confesso que eu peguei esse livro com a maior das expectativas, diferente de “A Culpa é das Estrelas”, “Divergente” ” O Lado Bom da Vida”, que eu não esperava muito e comecei amar!
“Como eu era antes de você” conta a história de Lou um típica solteira despreocupada com vida, com namorado de anos a fio, um emprego não tão satisfatório e uma família meio que desfuncional. Confesso que a parte da família eu me identifiquei um pouco. Bem parecida com a minha, com exceção da irmã caçula com filho pequeno. Lou Clarke acaba perdendo emprego e conseguindo um trabalho de cuidadora de um mal-humorado tetraplégico, Will, que vivia a vida intensamente e ricamente até ser atropelado por uma moto e perder quase todo movimento do corpo. A historia é meio clichê de um jeito que não me agradou, e olha que eu gosto de clichês!

Logo de início os dois não se combinam, e praticamente viram inimigos, mesmo Will dependendo da Louisa para quase tudo. Mas o tempo vai passando e sentimentos bons comecem a surgir no coraçãozinho de ambos. Mas o que Lou descobre não é tão agradável. Seu contrato que dura seis meses tem um motivo: suicídio de Will, que resolve tirar a própria vida por nunca poder voltar a ser a pessoa que era antes. Com a aprovação dos pais ele já tem uma data marcada para por fim a vida, mas Lou entra em cena e começa mover céus e terra para provar a Will que a vida é boa, e vale a pena ser vivida.

Infelizmente todos seus esforços são em vão. E isso foi o que eu mais odiei em toda história, tanto esforço para nada. Agora o que eu achei?
Bom, não amei, a leitura em si é gostosa, simples e despretensiosa, sem enrolações, mas algo nos personagens não me agradou, nenhum posso afirmar! O jeito arrogante de Will, mesmo ele tendo sofrido uma terrível tragédia me irritou bastante, o jeito sossegado demais da Lou no começo do livro me deu vontade de simplesmente parar de ler, a maioria dos outros livros que li eram narrados por pessoas guerreiras, que queriam fazer a diferença mesmo que a morte se colocasse no caminho. Confesso que principalmente o começo desse livro foi bem perrengue para ler. Já no final, quando eu tinha esperanças de que tudo terminaria bem, e os dois ficariam juntos, o Will se mostrou um covarde, e bem egoísta (Concordo com Amanda) mantendo a palavra de se matar. Achei ofensivo isso, apaga por favor!!!

Ele agora tinha motivos para continuar, tentar lutar, mas foi fraco e bem insensível. O livro a única coisa legal do livro foi o fato dele ter conseguido mudar um pouco as atitudes da Lou, que largou aquele namorado mas chato do mundo (e meio gay) e a fez começar a pensar mais na vida e sair da sua zona de conforto, tentar novas possibilidades e ver o mundo d outra forma. Aí sim o livro fez jus ao nome.

Camila gostou muito mais desse livro do que do livro a culpa é das estrelas, eu já acho que ela está ficando louca ou bebeu algumas, tipo muitas, mas o que seria do vermelho de todos gostassem do azul não é verdade?

Não é uma leitura que farei num futuro próximo, aliás é uma leitura que pretendo fazer nunca mais, mas tentem quem quiser, vai que né…Gosto é gosto. E como em “As vantagens de ser invisível” eu errei a mão nesse aí! Nota 4 para esse livro.

06-resenha-de-livro-como-eu-era-antes-de-você

 

Ta aí uma das provas que não se deve julgar um livro pela capa, achei tão linda, e o título tão sugestivo, que me apaixonei assim que vi no site, e vieram comentar a respeito, fiquei mais curiosa a ainda, mas a vida tem dessas.

Agora comecei a ler ” O Teorema Katherine” que eu sempre chamei de “O teorema DE Katherine”, li umas 50 páginas ontem e estou curtindo, mesmo então meio lento ainda o começo, vamos ver se vou gostar quando chegar no final. 😀 Aguardem as próximas resenhas.

 

Bom dia

Apareci meus queridos, demorei um pouco,mas estou aqui.
E sem nada para postar, embora tenha passado um fim de semana muito bom, proveitoso espiritualmente falando, e na companhia dos amigos, acabei por não tirar nenhuma foto. Preciso de um celular bom para registrar todos os momentos. Por que não carrego a câmera para todos os lados, por que né? Se quebrar essa eu piro!

Mas por outro lado prometi que não iria comprar celular moderno até o meu quebrar pro completo.

Hoje eu pretendia terminar o livro do “Dewey”, mas vi que tem Recapitulação amanhã e não sei se vai dar tempo, ainda mais por que talvez irei no cinema. Mas essa semana eu termino com certeza. Dá um aperto no peito quando um livro querido chega no fim, ainda mais quando final e meio triste, embora a história toda seja muito linda.

Assim que eu terminar conto um pouco a história desse gatinho que ganhou meu coração.

dewey8

 

Até mais tarde 🙂

Novo livro

Eu acabei nem comentando o final do livro As Vantagens de ser Invisível aqui no blog, bom primeiro por que levei quase duas semanas pra termina-lo, e não gostei muito da história não, errei a mão dessa vez.

Mas antes de ontem eu comecei a ler Para Sempre e terminei ontem, levei algumas poucas horas para ler inteiro, ele é pequeno e uma leitura deliciosa, amei de paixão e fui descobrir que é uma história real.

Aí me conquistou de vez. Já estou baixando o filme para tentar assistir hoje a noite. Mas pelo trailer já vi que é bem diferente da história real, infelizmente é isso que acontece na maiorias das adaptações, já comecei a aceitar.
Super recomendo a leitura, é lindo, perfeito e mostra o que é verdadeiro amor, seja na saúde e da doença. Ownnn que fofo, e o final é bem lindo e realista. Vale a pena.

1922453_585424464887988_12214792_n

 

Vamos ver se o filme vai conquistar também.

Destrua este diário.

Quando me mostraram esse livro, eu achei muito estranho e uma ideia muito absurda. Não foi amor a primeira vista, mas então comecei a pesquisar e amadurecer a ideia e acabei gostando, e não sosseguei até adquirir o meu.

“Destrua Este Diário” uma invenção muito louca, mas que pelo visto está dando muito certo. Eu comecei a destruir o meu ontem, mas destruir com carinho e cuidado!

“Mas como assim Cássia? Um livro para ser destruído?
Sim a missão é ir cumprindo as tarefas que ele manda, rasgar folha, rabiscar, vender uma página, tem várias coisas absurdas, até mesmo levá-lo para o banho.

E tirei uma foto dele em perfeito estado e conforme eu for destruindo, vou colocando as fotos aqui. Mas confesso que dá uma dó fazer certas coisas!

116273932SZ Coxinha Nerd_e775c60f4d8f10f63ddeb663c9c4dc8f 11896--destrua-este-diario-diapo-1 11897--destrua-este-diario-diapo-1

Me apeguei…

Até então eu não tinha amado a trilogia “Divergente”, gostei muito, a história é bastante interessante, mas ainda faltava alguma coisa, e seja lá o que for encontrei no último livro da saga, Convergente, não consigo parar de ler no pouco tempo que estou tendo esses dias e meio que estou numa disputa com o Gabi de quem lê mais páginas por dia, não apostamos nem nada, mas é o que está parecendo 😛

Um monte de revelações, está emocionante e um tanto quanto deprimente até, de um jeito que já não espero mais um final feliz, já pode pular para 2016 para eu poder assistir o último filme? Com breve acordadas para assistir Esperança parte 1 e 2.

Detalhe para ilusão que tínhamos de assistir o primeiro filme mês que vem, mas na verdade é só em Abril, hunf!

Tudo tem que esperar tanto, por que? Por que? Esses bebês que não nascem logo, esses filmes que não lançam, esses livros e dvds somente na pré-venda, gente agiliza isso que a vida é curta para ficar esperando….

1424321_549317858483555_180465405_n 1451970_555536631195011_1137635810_n

E essa escolha para o personagem Tobias/Quatro não poderia ter sido melhor. ❤
Aquele momento que acertam a nossa imaginação 😀

tumblr_n0ae0l4fb31qmbz78o2_500

Mais hein??

E não é que a chuva me pegou de jeito, sua danada. Sai mais cedo tentando escapar da bendita e ela me pega no portão da saída, da hora a vida.

Bom, estou sem ideias para postar no momento, e com preguiça demais para montar tema sobre algum assunto relativo como looks, cabelos, series ou qualquer coisa do tipo.

Mas a novidade é que mudei a rota de leitura, deixei “As vantagens de ser invisível de lado” e comecei “Convergente” estou louca para saber o que vai acontecer , mesmo sabendo que uma penca morre, graças a net e o Gabi safado soltando spoilers a torto e a direito, então melhor acabar logo com a angústia!

1383170_537405809674760_423812665_n

Hello

Boa noite meu amores, hoje não posso escrever muito por motivos de “não estou enxergando nada na minha frente.”
Calma. Explico!

Como muito sabem eu uso óculos, ou lentes, minha visão está looonge de ser perfeita. E quando não estou usando nenhum dos dois, custo a enxergar qualquer coisa que esteja a mais de 50 cm da minha frente, olhar pro teclado é mole, mas tá difícil enxergar a tela do pc, tudo embaçado, pode chamar de cega, nem ligo!!!

Minhas lentes acabaram e eu achei que tinha um par extra, mas sumiu, e meus óculos estão na ótica por que eu consegui quebrá-los. Então só amanhã voltarei enxergar quase que 100%!

Mas vim aqui rapidamente comentar que acabei mais um livro, e dessa vez nada de romance, nada de “I love you”
“Noboby needs me” “I do, I need you” ou “Good morning honey”

Dessa vez foi um mistério, recomendado por quem? Mandy of course! E um  mistério que eu falhei em desvendar! Mas foi muito bom, amei o livro, e comecei a lembrar que a autora o livro Agatha Christie não me é estranha, eu li algum livro dela na terceira série, metade acho… Preciso entrar em contato com velhos colegas de classe para ver se me recordo melhor disso, lembro que era a bruxa da prof Miriam que fez a gente ler…em fim.

Eu amo mistério, suspense, mesmo que isso signifique deixar meus romances de lado por uns dias. Já adquiri 36 livros da senhora Agatha e pretendo ler por muito tempo, alternando claro com as minhas lindas (ou nem tanto) história de amor.

“O caso dos dez negrinhos” e atualmente intitulado “E não sobrou nenhum“. Não concordo com esse segundo título, mas houve controvérsias raciais com primeiro título então mudaram! Super recomendo. Para quem gosta de mistério é uma ótima leitura.

agatha-christie

 

 

Não vou comentar muito por que senão perde a graça, mas a história é sobre 10 pessoas que são convidadas para passar uns dias numa mansão em uma ilha isolada, mas nenhum deles sabe, que todos os seus segredos  estão ao conhecimento de uma pessoa um tanto quanto perturbada, e obcecada por justiça!

Semana que vem começo “As vantagens da ser invisível”. Que a propósito já virou filme, e já tenho aqui para assistir 🙂

Resenha- Insurgente

Mais um livro acabado. Eu decidi na segunda que iria terminar esse livro ainda essa semana e consegui, faltava cerca de 270 páginas, então eu dividi pelos 5 dias da semana, que daria pouco mais de 50 páginas por dia, mas acabei terminando hoje.
Embora não tenha sido tão encantador com Hunger Games, ou A Seleção, eu gostei do segundo livro.

AQUI COMEÇAM OS SPOILERS.

Embora eu gostaria que houvesse mais cenas de romance, e um pouco menos de luta o livro é bem legal. Mas é o primeiro livro, que eu sinto pouco de raiva da personagem principal, Trios me irrita em alguns sentidas, esse jeito teimosa, de não valorizar a vida, ou quem está do lado dela realmente me deixa muito brava. Acho que o Tobias realmente tem muita paciência com ela. E certas partes realmente me deixam entediada, o começo do livro é meio que um desafio para ler, tudo parece meio monótono, e levar uma certa quantidade de capítulos para começar a ficar atraente. E essas facções ainda m,e confundem um pouco, principalmente a parte da Erudição. O final do livro foi muito interessante e começou a dar ainda mais sentido na história, por sorte não vou precisar esperar muito para o lançamento do terceiro e último livro, pouco mais de vinte dias e ela já estará disponível para venda. Mas não estou extremamente ansiosa como por exemplo estou pelo The One!

Agora pelo primeiro filme, Divergente, que também lança mês que vem, eu estou ansiosa. Acho que pela primeira vez vou gostar mais do filme do que do livro. Mas sei lá né, trailer também pode enganar!

Insurgente

 

E eu não lembro se postei aqui, mas creio que tenha postado, aí vai o trailer do filme.

Agora é esperar mais um mês para saber o fim da história, que aliás me falaram que a principal morre. Arghhhh, como eu odeio spoilers. Mas vai que é mentira né? Gosto de me agarrar a outras possibilidades. Doce ilusão.

Então isso vou começar a ler “E não sobrou nenhum“, livro de mistério. Ele é bem pequeno, não chega a ter 400 páginas então se bobear semana que vem já estou comentando sobre ele. E outros já estão na lista, só aqui na estante tem 6, mas já estou de olho em dois que estou super a fim de comprar, embora a grana não esteja tão a meu favor assim!

150

 

Resenha da semana. Cidades de Papel

Eu tenho uma necessidade por final felizes, seja em seriados, filmes ou livros, não gosto muito de acompanhar algo e acabar tragicamente. Se eu gostasse de uma história trágica apenas escreveria minha própria vida e leria dia a pós dia. No entanto eu procuro livros com a intuição de fugir da realidade e suspirar com finais felizes, o que geralmente não acontece na vida real. E o livro que eu li nessas últimas semanas, não acabou como eu gostaria que acabasse, Cidades de Papel. Acabou exatamente como é a vida real. Cara, isso não me fez bem, já é o segundo livro do John Green que acontece a mesma coisa, e eu já estou começando a achar que ele é um novo Nicholas Sparks para fins tensos!

Ainda quero ler o Teorema de Katherine mas já estou ficando com pé atrás, vai que decepcionar de novo. Quer dizer não é bem uma decepção, é um sentimento de, de, sei lá, não tenho as palavras exatas para descrever o que eu senti.

O livro em si é muito bom, prendeu muito a minha atenção, e se eu não tivesse com a semana tão corrida esses dias, com certeza teria lido em muito menos tempo.

A história mistura um pouco de comédia, com mistério e uma pitada de vingança. O personagem principal apelidado de Q. ( Quentin Jacobsen) começa uma buscar minuciosa por Margô, sua vizinha e amiga de infância, uma garota misteriosa em que ele passa o livro inteiro tentando entender! A leitura é gostosa, dinâmica e nem um pouco cansativa, sim, apesar de tudo eu recomendo. É meio que  uma leitura para tirar a tensão de histórias mais profundas e detalhadas. Tipo um descanso para mente.

01-resenha-de-livro-cidades-de-papel

 

Pois fica aí a dica. E você também é feito de papel?

Véspera de feriado e um cantinho para ler um livro.

Eu havia feito vários planos do que fazer nesses dias em que ficaria em casa, mas uma pequena depressão repentina e um vazio existencial tomou conta de mim. E nada além do desânimo foi minha companhia durante todo esse dia. Como diria Aline: estamos muito mulherzinha!

Queria apenas ficar sozinha, como isso é praticamente impossível nessa casa, o mais perto que cheguei foi ficar no meu quarto lendo páginas e mais páginas de livro.

E é basicamente para isso que vim postar, comentar a minha leitura de hoje, o que me ajuda a me sentir melhor. Ler/escrever, cozinhar e assistir seriados. Como cozinhar eu preciso ficar na cozinha escutando povo conversar e me fazer milhões de perguntas a quais não estou nem um pouco interessada em responder, então a melhor opção foi ler.

Hoje eu acabei o livro O LADO BOM DA VIDA! Uma excelente leitura. Gostei bastante, e foi bem diferente do filme.

É até irônico eu ter acabado de ler um livro com esse título, e estar me sentindo tão deprimida esses dias. Mas a vida tem dessas coisas né? Faz parte!

Pois então, eu havia visto o filme já faz um certo tempo, logo quando começou aquela comoção de Oscar e tal, e o filme estava concorrendo a vários prêmios então fiquei curiosa.

Não digo que não gostei do filme, mas fiquei entediada em algumas partes e achei que poderiam ter melhorado várias coisas, principalmente o diálogo, embora a atuação da Jennifer Lawrence e do Bradley Cooper tenha feito toda diferença, realmente boa. Mas agora lendo o livro sem dúvida poderiam ter melhorado beeem o filme.

Achei bem diferente das últimas leituras que tenho feito, por que dessa vez a narrativa e feita por um homem, e a visão masculina é um tanto quanto diferente da nossa né? Mas achei muito interessante, Pat Peoples é um personagem arrogante, obsessivo, confuso e estupidamente adorável! Sim, ele consegue ser tudo isso. E a visão simples dele, e a sua determinação de melhor é um tanto fascinante, em certos momentos irritante. Todo livro ele se esforça em ser uma pessoa melhor a fim de voltar para ex-esposa, mas mal sabe ele que no fundo ele já encontrou a pessoa certa!

Tiffany é personagem bem boca suja no livro, mas que raramente conversa, mas observa e consegue captar as emoções melhor do que qualquer um. Achei um crime terem mudado tanto o personagem Pat no filme.

Algumas partes do livro, um pouco antes do final achei desnecessário e entendi por que cortaram do filme, tipo ele quebrar a perna e a Tiffany se declarar para ele, nesse parte o filme foi melhor! Achei lindo a cena em que ele diz que a ama. Adorável
Já a parte da dança também foi radicalmente mudada e fiquei um pouco em dúvida do qual gostei mais. No filme, eles dançam não tão bem, e recebem uma nota 5 e ficam super felizes e ninguém entende. Mas haviam feito uma aposta e tals e acabaram que a nota 5 fizeram deles vencedores, isso mostrou um dos  “lado bom da vida”, a felicidade nas pequenas coisas, e ser feliz com o que tem. Nos livros eles se dedicam ao máximo e fazem uma apresentação perfeita, com uma musica que retrata bem a situação dos dois, e eu fiquei imaginando a tal dança perfeita com a música antiga mas linda e comecei a pensar que teria sido legal ver essa apresentação no filme. Por isso fiquei em dúvida do que gostei mais.

Mas basicamente é uma leitura gostosa e que recomendo.
Mas a quem pergunte, sim o livro no geral é melhor que o filme.

O-Lado-Bom-da-Vida-01

 

E a titulo de curiosidade nos livros Pat dá detalhes de como ocorreu a dança em cada trecho da música, achei muito legal, por que como disse combina muito com a história deles. Fiquei imaginando algo tipo Dirty Dance, mas em fim….

E é um clipe estranho (ignorem essa parte), mas imaginar uma coreografia moderna ao som dessa música realmente me faz querer dançar!

Sim vocês já ouviram essa música no DVD de 92 clipes da sua mãe!!! 😛

Boa tarde

Não sei como é possível estar com ressaca, sem nem ao menos eu ter bebido, enchido a pança de comida, ou ter ido dormir de madrugada.

Mas que sono impossível gente, tá difícil me controlar hoje.

a-culpa-e-das-estrelas-livro-8Mudando de assunto….apenas quero meu livro de volta.

 

Its monday

Bom dia gente, como está sendo essa segunda véspera da véspera de feriado?
Eu ainda tinha esperanças de não ter de vir trabalhar hoje e amanhã,mas não adiantou não. Não tivemos escapa.  Ainda que revezamos por que senão dia 31 teria que vir aqui também. Amanhã eu venho com a Andréia, e dia 31 vem o André com Nelson. Ao menos isso né?

Gente, quero outro livro,sério, isso vicia demais, é pior ainda do que as séries, tipo, seriados eu baixo na net em HD e vejo em ótima na tv, e se eu gostar muitoooo aí eu compro, mas não há necessária pressa nisso. Agora  os livros são diferentes, todo dia eu quero um novo, sem nem ter acabado o antigo ainda, é viciante demais. E não adianta me falar para baixar em Pdf e ler no pc/celular/tablet, por que odeio isso. E também por que não tenho tablet!

Quando eu via pessoal comentando a vida difícil de um leitor eu realmente achava um exagero, e um absurdo, mas paguei a língua feio!!

Valeu Mandy, thank you very much!!!!!Quem precisa de inimigo?

O vicio em séries começou parcialmente por ela. Sem contar a história da câmera…“Compra, ela disse, você vai amar, ela disse…” Hunf!!!!!

The fault is on Amanda!

5720575SZ

Ainda tenho pouco de sorte, por ser meio barato os livros que eu gosto. Nada de leituras cansativas, de livros longos sobre filosofia de vida, geralmente é algo jovem, envolvendo romance, drama ou ação!

(Só odeio quando livro vira filme e consequentemente a capa do livro vira a mesma do filme, por que não dão a opção de capa antiga? Comprei “O lado bom da vida” e apesar de achar fofos Brad Coop e JLaw, não queria que a capa fosse a do filme! Estraga um pouco minha imaginação de criar os personagens na minha mente, embora geralmente eu consiga….)