Como tudo aconteceu

Não é novidade pra ninguém o quanto eu gosto de assistir filmes e seriado, dramas policiais, suspenses. Desde criança eu via esses programas na tv onde mostrava assassinatos, casos de crimes e tragédias reais. Sempre fui forte, achava bem chocante, mas sabia que não era comigo, ou que era apenas um programa então erá fácil esquecer.
Mas essa história mudou a pouco menos de 48 horas.

Era uma noite de sexta feira e eu diferente do costume não quis sair de casa, peguei um livro e fui dormir razoavelmente cedo, pois no sábado de manhã ia sair as 7 no testemunho informal.
Eu não lembro exatamente ás horas, mas um pouco antes da 1 hora da manhã, eu acordei não sei por qual motivo e percebi as cachorras latindo, e uma oscilação nas luzes, o ventilador que estava ligado desligou, ligou outra vez e desligou de vez, as luzes do estabilizador, e a luz da sala vi que se apagaram também. Achei estranho, mas isso já aconteceu outra vez, no bairro todo, acabar força no meio da noite.

Poucos minutos eu ouvi buzinas de carro e o vizinho gritando nome do meu pai, sai correndo lá fora e ele começou apontar a casa no fundo e gritando “a casa lá no fundo tá pegando fogo, a casa tá pegando fogo” eu entrei em choque total, tentava abrir o portão que parecia ser a coisa mais dificil naquele momento, enquanto eu tentava abrir portão e pegar mangueira pra levar até o quintal ele gritava dizendo pra eu ligar para Defesa Civil enquanto ele próprio estava com celular.
Detalhe é que a energia elétrica tinha sido cortada devida ao fogo, uma escuridão total. Eu saí correndo com a mangueira enquanto fogo já começava atingir o telhado, e quando eu vou no quarto tentando ver se meu vô tinha saído de lá, me deparo com a cena mais horripilante que já vi em toda vida, a cama completamente destruída e meu avô em cima dela completamente queimado e irreconhecível. Quarto virou um cenário de filme de terror, só que dessa vez não foi por uma tele de computador ou televisão, era uma cena real, bem ali na minha frente, na minha casa, levando embora alguém que eu amava, discutia muitas vezes, tentava protege-lo das próprias teimosias..e ali estava ele, um pedacinho diminuto de carvão queimado, todo destruído pelas chamas. Enquanto a isso a minha mãe, filha que ele amava a cima de tudo, e que ela era devota acima de qualquer pessoa nesse mundo, jogando baldes de água no pai tentando de alguma maneiro “salvá-lo” embora ele já estivessem morto a muito tempo.

dsc_4251

Eu me considero uma pessoa bem forte, já passei por poucas e boas nessa vida, principalmente por doenças e perdas de entes queridos na morte.
Mas naquele momento me senti a pessoa mai fraca, mais inútil, e covarde do mundo.
Parecia um pesadelo, eu não aceitei naquele momento o que estava acontecendo, tentava acordar convencendo que estava vivendo um pesadelo, mas eu não conseguia acordar, era tudo real, e estava ali diante dos meus olhos.

Cenas que sei que jamais se apagarão da minha mente, pesadelos que comecei a ter, com as poucas horas de sono que tive, coisas que li em livros, traumas depois de um acontecimento chocante que eu imaginei que só aconteceria na ficção, agora está bem vívido na minha mente e no meu coração. Um dor pungente que me faz ter febre, ânsias e tremores, e alguns momentos de ataques de fobia.

IMG-20141116-WA0001 IMG-20141116-WA0003 Todo mundo morre eu sei, e sabia que uma pessoa de 100 anos logo iria nos deixar. Mas as circunstancias em que ele se foi, não poderia ter sido assim, não poderia!

Se foi a pessoa que perguntava todo dia se eu já tinha almoçado e jantado, que me dava 30,00 reais todo mês sem eu pedir. Que muitas vezes me emprestou dinheiro para comprar lanche a noite e quando eu ia pagar se recusava a aceitar. Que me pedia melancia e coca-cola , que pedia para eu ligar a televisão da sala para simplesmente ficar ali vendo o que passava sem entender.
A pessoa pela qual eu mantinha um caixa de primeiro socorros na minha gaveta e que eu fazia e refazia curativos quando se feria, a pessoa que me sujou de sangue várias vezes com aquela pela centenária sensível a qualquer toque.
Acabou de uma forma estupidamente, enquanto eu simplesmente dormia!

É algo que eu nunca me perdoarei!

7 comentários em “Como tudo aconteceu

  1. O amiga não se Culpe..o tempo e o imprevisto sobrevem a todos!eu sei q quando acontece algo assim nossa tendência e nos culpar ou culpar alguém.. Mais ninguém teve culpa.gostaria mto de ter o poder de amenizar sua dor…estou orando por você e sua familia querida amiga.fique com jeova.

    Curtir

  2. Oi amore… Me vi em lagrimas lendo a historia… Nao sabia q tinha sido assim tao tragica… Que Jeova te de forcas e te confeorte com a esperança da ressurreiçao! Se precisar de algo, estou aki! Um forte abraço!

    Curtir

  3. Faz tempo que eu não me manifesto por aqui, né?
    Mas esse post merece muito mais que um comentário Cah. Queria estar aí pra te abraçar e tentar amenizar um pouquinho da sua dor. Sinto muito por e sua família … Não consigo nem imaginar a tristeza que vcs devem estar sentindo. Mas de tempo ao tempo e você encarará esse acidente como o que de fato é, um triste é terrível acaso. Não carregue nos seus ombros a culpa amiga. Lembre-se que a culpa de todo sofrimento nesse mundo é de um ser maligno e cruel e enquanto esse sistema existir estamos à mercê de tristes imprevistos como esse. Cah, querida, você sabe que tanto vc como sua mãe sempre deram seu melhor para o avô, foque nisso e na maravilhosa esperança que se nos apresenta. A dor é inevitável Cah, mas sofra apenas o que for necessário. Lembre-se sempre, a esperança produz perseverança, nos dá força pra seguir em frente. Mas se o sofrimento continuar a te perseguir e quiser fugir de tudo, minha casa está aqui pra vc! Sempre, com carinho, Mandy.

    Curtir

  4. Cássia to sem palavras…Não sabia q havia sido tao dramatico e trágico, poderia ser algo que só acontece em tv msm.Mas no mundo real estamos a mercê de tragédias como estas e sabemos o porquê. Que Jeová lhes dê em dobro de coisas boas tudo o q de ruim vcs estão passando agora . Não se esqueça de que o objetivo de Jeová é lhe ajudar a não se sentir culpada, pq isso não e verdade, e Ele tem certeza de que cs fariam tudo pra evitar isso , se pudessem! E no fim das contas, é muito difícil passar pela tempestade, mas sabemos q i abrigo do novo mundo nos aguarda

    Curtir

  5. Muito obrigada pelas palavras amigas, mesmo de de longe estou recendo palavras amigas e muito conforto, tem sido muito importante pra mim e para minha familia.
    Não é uma barra fácil de se carregar, mas oro a jeová a cada minuto, pedindo forças e sei que Ele vai me ouvir.E muito obrigada por estar ao meu lado.

    Curtir

  6. Choramos daqui com você querida.Também tive pesadelos só de imaginar o que vc deve ter passado ao se deparar com a situação….torci pra não ter sido dessa maneira, mas infelizmente pelo que eu li agora, aconteceu exatamente da maneira que eu temia…Que Jeová te de forças para passar por esse trauma e que vc possa colocar em seu coração que certas coisas fogem do nosso controle, o próprio acaso se encarrega de levar alguém que amamos embora, num piscar de olhos.Lembre-se de que vc sempre fez o que estava em seu alcance para ajuda-lo e assim mostrar o seu amor por ele.Um forte abraço,a toda sua família !!!!

    Curtir

  7. Cassinha, simplesmente não dá para não se emocionar ao ler essa postagem. Se eu me sinto assim, aqui de longe, imagino o quanto você deve estilhaçada por dentro. Sei que alguém indefeso como pode ficar uma pessoa nessa idade, naturalmente te leva a se sentir culpada, pensando que algo poderia ter sido feito. Mas não se culpe. Não carregue esse fardo. A dor da perda já é um algo pesado demais para ser carregada, e mais do que o suficiente para mexer com todos os sentidos de um ser humano. Obviamente que estou pedindo muito por você e por sua família. Jeová é maior do que nossos corações e, certamente, te ajudará a lidar com os traumas que ficarem. E, como amiga, estou aqui para isso também. Um abraço enorme e um grande beijo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s