POST ESPECIAL – SAGAS

Três sagas que podem conquistar o seu coração. Se você gostar de ler é claro.

Bom vocês já estão cansados de ler sobre as sagas que eu ando postando por aqui. Mas se você esteve em um coma durante os últimos meses, eu vou contar mais um pouco sobre elas. Três trilogias (redundância feelings) que eu me apaixonei do começo ao fim. Gosto de histórias que podem ter um conteúdo real.
Mas aí vocês vem e me falam: “A Cássia isso é impossível, um mundo futuro onde as pessoas são dividas por facções, distritos, castas ou seja lá qual nome for? Com pessoas divididas em diversas classes sociais e muitas vivendo da miséria e programas de tortura apresentado ao público?”
Mas aí eu digo: “Por que impossível? Não é mais o menos o que o mundo é hoje? Pode não ser  tão dramático. Mas vivemos divididos de uma forma ou de outra, como países por exemplo, para viajar de um lugar para outro é preciso passaportes, vistos, e todo um processo conturbado, morar em outro país então às vezes nem é permitido. Até mesmo no passado o famoso muro de Berlin que gerou tanto polêmica por dividir uma cidade no meio, separando famílias e amigos, então posso afirmar que certas coisas nesses livros não estão longe da realidade.”
No entanto vamos ao que interessa.

Lendo cada uma delas é impossível deixar de fazer certas comparações, então por isso eu separei 10 semelhanças entre elas:  “Jogos Vorazes”, “Divergente” e “A Seleção”.

trilogia-jogos-vorazesJV: A mais “antigas” de todas, a primeira que me conquistou, não sabia que existia livros da saga até Março de 2013, ouvia falar tanto no filme Jogos Vorazes e que estava concorrendo a prêmios que resolvi assistir numa noite de sábado, a intenção era ver metade e o resto no outro dia, mas ficou tão legal que acabei indo dormir super tarde só para ver o filme todo. Gostei, mas fiquei sem entender muita coisa, descobri então que era baseado em livros e que uma amiga tinha a trilogia completa, peguei emprestado quase que na mesma semana, mas não sai da pagina 40. Mas comecei ver tamanha publicidade na mídia e fiquei na expectativa do próximo filme que iria passar no fim do ano, 2013 ainda. E foi assistindo “Em Chamas” que eu me encantei de verdade. Saí do cinema na sexta, ok! Sábado a uma da manhã, e na segunda comprei os livros. Três semanas depois já tinha lido os três livros e definitivamente ganhou meu coração!

 

112522145SZ-horzMas ai as amigas descobrem que a gente tá lendo essas coisas, e começam a “receitar” mais livros, nem vou falar quemMANDYé!!!!Eu já estava com uma ressaca literária das bravas, quando fui apresentada a  saga “A seleção”. Esperei uns dias até o coração se acalmar e me desapegar dos personagens, um pouco, por que até hoje o sentimento perdura. Então comecei a ler a nova trilogia, pronto! Mais algumas páginas e meu coração já estava envolvido em outro relacionamento, um triangulo amoroso se é que eu posso colocar dessa forma. Mas existe a parte triste da história,  o terceiro livro ainda não foi lançado, somente em Maio para eu poder finalmente descobrir o desfecho da história.

111562410SZ-horz2Bom, mas aí eu não poderia ficar na abstinência né? Vocês sabem o que acontecem com drogados quando eles ficam sem drogas: tragédia. E eu já estava totalmente acostumada a ir dormir de madrugada e acordar feito um zumbi para ir trabalhar. Nisso, net vai, net vem, sites de compras aqui e youtube ali, acabei esbarrando com “Divergente”, what hell is that? Uma nova distopia, narrada lá no futuro…
Uhn parece que acabei de ler 5 livros sobre isso 5 minutos atrás?

Então, por que não? Vamos tentar!
Aí fui apresentado a Tris e Tobias, ou Quatro e Seis como vocês preferirem. Mas confesso que nem tudo foi flores no começo dessa leitura, eu ainda pensava em “Jogos” quando comecei ler, e certas frases e citações me lembravam muito JV, sem contar que o começo parecia uma narração de UFC, palavras da Mandy, não minhas. Mas tentei deixar a implicância de lado, e aceitar que no mundo literário e na vida tem dessas coisas e segui com a leitura. Gostei, não amei, mas me apeguei. Precisei ler logo o segundo, que foi bem melhor principalmente do meio para o final e agora o terceiro que esta sendo fantástico. E já quero logo acabar por que está me matando essa curiosidade.

Mas então vamos às similaridades entre elas:

1º É claro que a primeira seria o fato de ambas as histórias se passaram num futuro distante, algo citadas nos livros como depois da 3ª e 4 ª Guerra Mundial, onde Estados Unidos não existe mais, dando lugar a Illéa e Panem! (isso para os livros Seleção e JV)

2º  Divergente e Jogos: ambos casais principais passam por um período separados,  por acreditaram em missões e pessoas diferentes!

3º Jogos e Seleção, as duas principais garotas independentes que preferem se virar sozinhas ( e estarem sozinhas), contam com “time” de primeira, prontas para serem vestidas, maquiadas e cuidadas nos mínimos detalhes, para sempre estarem impecáveis! E as duas sagas dão detalhes de vestidos deslumbrantes, embora em temas completamente diferentes. (a única parte glamorosa de Hunger Games)

4º Divergente e Jogos: a ideia central no terceiro livro é mudar o mundo, ou o que se pode dele, mudar o sistema que oprimem os mais fracos e desvalorizam pessoas por ser achar um sistema superior e indestrutível, mesmo que isso possa trazer trágicas e mortais consequências.

5º Divergente e Jogos: a gente acaba se apaixonando pelos personagens secundários, o que não acaba bem, por que praticamente todos acabam mortos. Quando se menos espera, em um capitulo que parece inocente, BAM, alguém morre!

6º Divergente e Jogos: De repente aparece uma personagem que você começa simpatizar e acreditar que pode se tornar uma aliada na causa principal, mas depois de algum tempo se revela uma grande traidora, causando problemas e reviravoltas na história!

7º As três sagas são narradas na primeira pessoa por garotas adolescentes, em torno de 16 anos, cada uma com seu nível de sofrimento.

8º Quanto ao parceiro românticos, (Peeta, Maxon e Tobias), bom isso é um detalhe a parte que simplesmente deixa sua imaginação fluir, impossível não se apaixonar pelos três.

9º Seleção e Jogos, embora em  A Seleção isso seja mais destacado e falado com mais frequência, há um terceiro garoto, igualmente encantador, ou não. Ou até certo ponto aos nossos olhos. Que no início faz a gente torcer por eles, mas depois quando aparece “AQUELE” a gente fica tipo? “Quem é Gale?”  “Quem é Aspen?”

10º Jogos e Seleção: Existe uma parte cômica, entre as duas sagas que eu sempre dou risada, envolvendo adivinha o que? Comida, nas duas história, a parte de alimentação é um tanto escassa, em “Jogos” na verdade é muito escassa, que eles chegam a passar dias a base de água (nem sempre limpa) e muitos acabam morrendo de fome. E quando as garotas America e Katniss, chegam no Palácio e na Capital, respectivamente, ambas ficam deslumbrada com tanta variedade de comida, de doces, e guloseimas! Eu mesma só de ler já fico babando!!!

Queri ter colocado mais sobre “A Seleção” mas o fato do terceiro livro não ter sido lançado não ajuda muito! Vamos esperar até Maio.
Esse post não acaba aqui!

E para encerrar, a perfeita combinação de ColdPlay – Atlas.

 

Fiquei dias montando esse post, e finalmente consegui finalizar! Espero que gostem 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s