Rafael ON

Hello People, how you doing? Após ser empossado de meu cargo de colunista no blog venho trazer o meu primeiro post aventura!

Há alguns anos atrás nunca diria a vocês que eu gostaria de entrar no meio do mato para fazer alguma espécie de aventura. Porém de uns meses pra cá estou numa vibe de Indiana Jones, ou coisa parecida.

No dia 1 de Dezembro estava na companhia de alguns irmãos e um deles sugeriu uma trilha, era uma coisa nova pra maioria de nós. Mesmo assim combinamos pra sábado seguinte (08/12/2012), o interessante é que no dia anterior a esse fui comprar alimentos pra levar, já que era no meio do mato. Confesso que no mercado achei que tinha exagerado, porém ainda bem que foi assim, vocês entenderão em breve.

Chegou à manhã do dia do passeio me encontrei com os irmãos e lá fomos nós! Nosso destino: a cidade de Águas da Prata – MG. Chegamos a um restaurante de beira de estrada onde deixamos o carro e dali seguimos para um morro muito íngreme, precisamos de cordas pra subir, chegando assim numa linha de trens de carga. Após de meia hora de caminhada, muita conversa e muita risada chegamos à trilha. Por ser de difícil acesso, a trilha não estava bem marcada e a mata um pouco fechada, mesmo assim fomos com muita empolgação!

Paramos pra fazer um lanche e eu estava com a mochila muito carregada com as coisas que eu havia comprado. Os irmãos até zoaram comigo e falaram que eu era exagerado. Beleza, brincadeiras ajudam a espairecer o cansaço e descontrair, mas eu tive que dar o troco mais tarde!

Continuamos a trilha e chegamos a algumas cachoeiras bonitas, mas que não eram boas pra nadar. Tiramos algumas fotos e continuamos até alcançar um ponto onde pudemos nadar e é claro que aproveitamos pra refrescar e tirar mais fotos.

Paramos pro almoço e ai é que começou a reverter à situação com relação a alimentos. Depois de almoçar os outros que estavam comigo já não tinham mais água ou alimentos ao passo que eu estava bem servido hehehe!

O maior problema é que a como havia dito a trilha não estava bem marcada e pra melhorar ninguém conhecia a trilha. Não sabíamos se estávamos longe de terminar a trilha e se levaria muito tempo. E fizemos a escolha errada de continuar a trilha. A cada trecho a mata ficava mais fechada e de mais difícil acesso e não chegávamos a lugar nenhum, até que depois de conversamos decidimos que o mais sábio era voltar.

Todo mundo cansado com sede e com fome, menos eu porque fui prevenido e levei muita coisa, no fim dividi com os irmãos o restante das coisas pra voltarmos.

Quando chegamos ao restaurante na estrada ficamos muito felizes e tomamos muita Coca-Cola bem gelada pra recarregar as energias. Foi uma experiência maravilhosa apesar das dificuldades. Aprendi algumas coisas que vou compartilhar com vocês:

– Sempre que for fazer trilha vá de calças, não o calor que esteja, vai evitar cortes e picadas de insetos.

– Leve sempre muita água, mesmo que no local possa ter minas de água, afinal você não sabe se a água é própria para consumo!

– Protetor e chapéu são indispensáveis!

– Vá com calçados apropriados, se puder ser um especial pra trilhas maravilha, se não, escolha um que não escorregue!

Bom é isso pessoal, acho que pra um primeiro post foi bem bacana. Em breve vou postar sobre minha viagem pra Capitólio – MG.

É isso ai, espero que tenham gostado do poste e que de algum modo seja útil pra vocês e se resolverem ir, é só chamar! Até a próxima, see you!

 

trilha

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s